Como chegar aqui:

Pós-Graduação em História

LABORATÓRIOS E NÚCLEO

Laboratório de Estudos da Contemporaneidade  (LEC)

Campo de análise interdisciplinar que busca concatenar diacronia e sincronia, a contemporaneidade compreende formas de relacionamento social que aparecem como um vigoroso e sempre renovado campo de problemáticas e de articulações entre suas dimensões materiais e culturais, envolvendo um conjunto de experiências que perpassam tanto a política, a economia, o imaginário social. Principalmente desde a década de 1980, com a emergência de estudos nas áreas da História Social e da História Cultural, o contemporâneo tornou-se um objeto historiográfico dos mais recorrentes, acompanhando outras áreas das Ciências Humanas e se aproximando de outros campos profissionais, como o Jornalismo e a produção estética em geral. Atualmente há um conjunto de perspectivas vinculadas especialmente à História Política e a História Cultural que contribuem para os estudos que têm o contemporâneo como foco de análise. É o caso, por exemplo, das manifestações políticas e socioculturais que assumem dimensões impressas, audiovisuais, digitalizadas, etc., impactando a modernidade em diversos de seus aspectos, impulsionando identificações sociais e fluxos e movimentos que constantemente põem em questão a tessitura das relações sociais, exigindo dos pesquisadores que as traduzam e problematizem de modo a desvelar as sociabilidades que as conformas e as tensões e conflitos em que estão inseridas, potencializando-os ou mascarando-os. 

Saiba mais sobre o LEC.
 


 

Laboratório de Ensino de História (LEH)

O ensino de História é estudado e pensado no âmbito desse espaço a partir das relações, conflitos e disputas entre memória e história, mas também sobre processos identitários subjetivos e móveis, formação docente, entrecruzamentos entre a produção histórica e sua didatização em âmbitos formais e não formais, dentre outras dimensões igualmente relevantes. As últimas décadas do século XX inauguraram novos problemas não apenas para a escrita da História, mas também e, sobretudo, para o seu ensino. Construção cultural, o tempo presente determina novas relações com o passado e expectativas em relação ao futuro. Como objeto de pesquisa e de trabalho o ensino de História constitui-se em lugar privilegiado para se observar dinâmicas relativas aos usos do passado, as disputas pela memória e as estratégias de controle sobre o que se deve lembrar e o que se deve esquecer. Se a “contemporaneidade exige-nos ensinar história em tempos de memória”, exige-nos que o investiguemos também, o que implica em novos problemas e desafios, mas também possibilidades. O LEH vincula-se ao Grupo de Pesquisa Ensino de Historia, Memória e Culturas e é integrado por docentes do Departamento de História da UDESC, da Educação Básica Municipal, Estadual e Federal e discentes de Graduação (bolsistas PIBID e ICs) e Pós-graduação em História e do ProfHistória da UDESC (Mestrandos e Doutorandos).


 

Saiba mais sobre o LEH.
O LEH no Facebook.
 


Laboratório de Estudos Pós-Coloniais e Decoloniais (AYA)

O Laboratório de Estudos Pós-Coloniais e Decoloniais - AYA tem como objetivo geral congregar pesquisadores(as) vinculados ao campo dos Estudos Africanos e da História Indígena comprometidos(as) com um trabalho multidisciplinar e transdisciplinar que estão em busca da construção de um conhecimento acadêmico, científico e social comprometido com a interpretação decolonizada acerca das experiências de diversos sujeitos sociais. Suas atividades de ensino, pesquisa e extensão estão pautadas nas questões teóricas colocadas pelos estudos pós-coloniais e decoloniais. Integram sua equipe professores(as) do Departamento de História da UDESC e de outras universidades, professores(as) da rede pública de ensino, estudantes de graduação e pós-graduação da área das Ciências Humanas e integrantes vinculados a movimentos sociais. Aya é uma palavra adinkra (povos akan) para samambaia, cujo símbolo significa perseverança e resiliência.

 


Saiba mais sobre o AYA.

 
 


Laboratório de Imagem e Som (LIS)

 Espaço de investigação destinado a desenvolver pesquisa e apoio didático-documental a partir dos recursos tecnológicos que oportunizem o uso da imagem e do som na produção historiográfica e didática na área de História, o LIS dispõe de estúdio (destinado às edições de som e imagem) e sala o nde acontecem as oficinas, equipada também com computador, impressora e scanner. Participam das atividades do LIS alunos da graduação em História (sobretudo em função das disciplinas de Prática Curricular - Imagem e Som I e II), bolsistas de iniciação científica e extensão, mestrandos e professores.

Saiba mais sobre o LIS.
O LIS no facebook


 

Laboratório de Patrimônio Cultural (LabPac)

     Institucionalizado no primeiro semestre de 2008, o LabPac como objetivo geral problematizar as relações entre História e Patrimônio Cultural, estimulando a reflexão acerca dos processos de implantação de políticas públicas de preservação e dos mecanismos de patrimonialização de bens culturais, e ressaltando o papel dos historiadores e dos acervos no registro das experiências históricas e na construção da memória social. Desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão, integrando graduandos do curso de História (sobretudo em função das disciplinas de Prática Curricular - Patrimônio Cultural I e II), mestrandos, bolsistas e voluntários de pesquisa, extensão e monitoria, além de docentes vinculados ao Departamento de História e ao PPGH.

Saiba mais sobre o LabPac.
O LabPac no Facebook.


Laboratório de Relações de Gênero e Família (LABGEF)

     O Laboratório de Relações de Gênero e Família têm como objetivos gerais a ampliação dos estudos acerca das relações de gênero e das questões que envolvem a família através dos projetos de pesquisa realizados pelos docentes do laboratório; oferta de subsídios teóricos e práticos para a realização de disciplinas na graduação e pós-graduação que tenham o foco as relações de gênero e as questões que envolvem a família; realização de eventos, seminários, cursos e oficinas, com a participação de professores, pesquisadores, estudantes, lideranças comunitárias, técnicos das instituições que operacionalizam as políticas sociais, docentes da rede escolar e membros de Organizações Não Governamentais (ONG). Participam das atividades do LAGEF alunos de graduação, bolsistas de iniciação científica, mestrandos e professores.

Saiba mais sobre o LABGEF.
O LABGEF no Facebook.


Núcleo de Estudos Afrobrasileiros (NEAB)

      O Núcleo de Estudos Afrobrasileiros é um núcleo temático criado em 2003, com a finalidade de apoiar a Universidade do Estado de Santa Catarina no desenvolvimento de políticas de diversidade cultural, promoção de igualdade e valorização das populações de origem africana. Participam do NEAB alunos de graduação, mestrandos, professores e voluntários da comunidade.

Saiba mais sobre o NEAB-UDESC.
O NEAB no Facebook

 
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED / Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001 / Telefone: (48) 3664-8500
© 2010-2012 SETIC - UDESC